Prefeitos e vice-prefeitos do PSB declaram apoio à candidatura de Beto ao Senado

May 10 2018
(0) Comentários
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus

Prefeitos(as) e vice-prefeitos do PSB gaúcho estiveram reunidos durante almoço nesta quarta-feira (09/05) para manifestar apoio a candidatura de Beto Albuquerque ao Senado Federal na eleição deste ano. O prefeito de Passo Fundo Luciano Azevedo, em sua fala, resumiu o sentimento dos mandatários socialistas presentes: de que não há mais tempo para hesitação. “Estamos aqui pela unidade do nosso partido em torno da melhor candidatura para o partido e para o Rio Grande do Sul”. Só há um nome que represente a história e o compromisso com o PSB e com nosso Estado e que seja realmente competitivo. Somos todos Beto no Senado”, afirmou. Na atividade os mandatários presentes assinaram manifesto de apoio à candidatura única, pelo PSB, de Beto Albuquerque ao Senado.

A atividade, que ocorreu no Restaurante Copacabana em Porto Alegre, contou prefeitos e vice-prefeitos dos municípios de Arroio dos Ratos, Balneário Pinhal, Barros Cassal, Boa Vista das Missões, Cachoeirinha, Cândido Godoy, Cristal, Erval Grande, Igrejinha, Júlio de Castilhos, Nova Prata, Passo Fundo, Riozinho, Santo Antônio do Palma, Santana do Livramento, Santa Rosa, São José do Norte, Venâncio Aires e Vera Cruz. O secretário de Desenvolvimento Rural do RS, Tarcisio Minetto, também participou do almoço assim como vereadores socialistas. Recentemente filiado ao PSB, o ex-prefeito de Uruguaiana, Sanchotene Felice, também marcou presença.

Ao agradecer a manifestação, Beto Albuquerque, garantiu que o debate que precisa ser travado não é dentro do partido e sim com os 8 milhões de eleitores que irão às urnas em outubro. “Precisamos de senadores que representem todos os gaúchos no que diz respeito aos interesses do Rio Grande do Sul. Independente do governador que estará representando o nosso Estado a partir de 1º de janeiro de 2019, eu estarei ao lado, na defesa do Rio Grande”, afirmou.

Beto lembrou que sua candidatura ao Senado segue viva desde 2014 e permanece a disposição para vencer a eleição desde então, quando abdicou da disputa estadual para cumprir a tarefa nacional para o qual foi chamado após a trágica morte de Eduardo Campos. “Quero retomar minha campanha ao Senado e ser o candidato de todos, pois não vou entrar nesta eleição para perder. Entrarei nesta disputa para ganhar”, garantiu.

Luciano Azevedo também avaliou que diante da conjuntura atual em que se dará um pleito absolutamente diferente dos anteriores, a vitória só será possível com candidatos qualificados. “Temos excelentes nomes para concorrer a deputados e deputadas, e uma grande liderança já definida para a composição de uma chapa majoritária que, pelo histórico, pela biografia e pela ficha limpa, chama-se Beto Albuquerque”, destacou Luciano ao parabenizar o presidente do PSB/RS, José Stédile, pelos encaminhamentos da Direção em busca da unidade interna.

Todas as lideranças socialistas destacaram a importância de Beto na política estadual e nacional e externaram o desejo de unidade do Partido em prol de uma candidatura única ao Senado dentro do PSB. Prefeito de Cachoeirinha, Miki Breier enfatizou que “Estamos firmes na busca da unidade partidária, pois a política precisa de maturidade para buscar a união e, assim, gerar resultados para o bem do Estado. Beto é a pessoa que efetivamente produziu resultados para o Rio Grande do Sul, sendo também a cara nova para o Senado. Elegeremos o primeiro senador socialista do Rio Grande”

Posts Relacionados