Beto Albuquerque apresenta suas suplentes

Aug 06 2018
(0) Comentários

Apenas um dia após a convenção do MDB, que confirmou o apoio à candidatura de Beto Albuquerque (PSB) ao Senado, o pré-candidato apresentou suas suplentes: Adriane Cerini (PR) e Daiane Dias (PSB). “Acredito na força da mulher e na importância da participação feminina nos espaços de poder. Esta chapa retrata a grandiosidade que é o RS, na sua gente, nas raças, cores e etnias”, afirmou Beto. ”

Adriane Cerini, presidente do PR-Mulher, é a primeira suplente. Formada em Comunicação Social, disse que ser candidata já é uma vitória. Ela atua há 20 anos na vida pública, coordena as ações, demandas e execução das emendas coletivas da bancada gaúcha na Câmara dos Deputados, mas é a primeira vez que concorre a um cargo eletivo. “Fiquei muito honrada com o convite. Admiro o Beto que é líder, trabalhador, humano. Necessitamos disso.”

Adriane ressaltou que o eleitorado feminino não vota em mulher. “Somos 52% dos eleitores e, infelizmente, poucas eleitas.” Nos últimos 8 anos, Adriane trabalhou em Brasília. “Lá aprendi o que tem de se fazer para que o município receba recursos, por exemplo.”

Daiane Dias, segunda suplente, é formada em Direito, pós graduada em Direito Público, com ênfase em Gestão. Mãe de Bernardo e Benício, gêmeos de um ano e sete meses, sabe bem o que é desafio grande. “O convite do Beto é uma honra, principalmente para mim, que sou mulher, a primeira vereadora negra de Pelotas, cidade em que 56,3% da população é de origem negra.”

Experiente como conselheira tutelar, cargo que ocupou por oito anos consecutivos. “Lidei com os mais distintos meios e mecanismos de violência e vulnerabilidade. Mais do que ingressar na casa das pessoas, o conselheiro adentra a vida delas.” Foi ali que descobriu para quem queria fazer política. “Para os mais necessitados, mais vulneráveis, os que realmente carecem de ações públicas e vivem à margem.” Daiane também assumiu a Coordenadoria de Políticas Inclusivas naquele município, desempenhando a função de Coordenadora de Políticas para Mulheres.

Beto Albuquerque falou da importância de uma renovação no Senado. “Esta chapa é a expressão da miscigenação maravilhosa que existe no nosso Estado. Representamos – com profundidade – o pensamento, a luta e o trabalho dos gaúchos e das gaúchas.”

Acesse as imagens aqui.

Fotos: Jackson Ciceri
Texto: Carla Santos