Beto Albuquerque defende a federalização do sistema prisional

Oct 02 2018
(0) Comentários

O candidato ao Senado Federal Beto Albuquerque tem abordado durante sua campanha uma preocupação que aflige muitos gaúchos: segurança pública.

Beto defende que a União deve tomar para si a responsabilidade de gerir a segurança pública de forma integrada, algo que hoje cabe aos Estados. “A União é omissa com a realidade da segurança pública, esta é uma atribuição que eles não querem ter, mas devem ter”, ressalta. Ele também chama atenção para a importância da federalização do sistema prisional. “Os Estados não tem mais condições de construir e manter presídios”.

Como senador, o candidato defende a luta constante contra o crime organizado, o tráfico de drogas e pela redução da violência. Entre suas principais propostas para a área, está a criação do Fundo Nacional de Segurança Pública, que deve apoiar os estados e municípios na luta contra o crime, com investimentos destinados a modernizar os equipamentos usados pela polícia e aprimorar os serviços de inteligência e investigação.

Beto Albuquerque sempre destaca a necessidade de enfrentar o preconceito, que muitas vezes resulta em violência. Com este ideal, a cultura de paz e respeito devem ser apoiadas, enfrentando a violência contra a mulher, a criança e adolescentes e as homofobias e intolerâncias de todas as naturezas.